O que significa ter sonhos lúcidos

sonhos lúcidos

Quem não teve a experiência de ter sonhos? Qualquer pessoa, ao longo da sua vida, teve visões oníricas, algumas mais vezes do que outras. É uma prática muito comum quando dormimos, percebemos qualquer tipo de imagens e sensações, que estão regularmente relacionadas com a realidade.

Há outro tipo de sonhos, o chamado ¨Lúcidos¨, são aquelas visões em que as pessoas estão conscientes de estar sonhando, é uma prática ancestral, que tem sido admitida em múltiplas culturas, por exemplo no Budismo Tibetano:ossonhos são considerados como outra realidade e através de práticas e ensinamentos os adeptos os assimilam, reconhecem, dominam e podem induzi-los.

É um mundo paralelo ao existente, quem tem essa experiência permanece consciente dela e disposto a controlá-la, portanto, pode mudar seu conteúdo e dar rédea solta à sua imaginação.

Você provavelmente teve um sonho lúcido e não se lembra dele, ou não tem certeza da sensação que experimentou. Esta condição não costuma ocorrer; existem diferentes níveis de trabalho e prática para alcançá-la.

Certamente quando você tiver uma experiência de sonho deste tipo, você vai sentir a necessidade de ter uma novamente, você pode fazer isso quando e onde quiser, nada o impede de fazer isso.

Depois de algum tempo e após analisar seus sonhos, você pode perceber que existem certos esquemas que podem ser repetidos para preparar sua mente: Por exemplo, sonhar com carros; seria importante que quando você vê um carro na realidade, você perceba se está sonhando ou não, ou seja, verificando a objetividade das visões.

Sonhos lúcidos: realidade ou ficção

Quem teve uma experiência deste tipo, compreende que o que está vivendo naquela visão, não corresponde à realidade física, mas pertence àquele mundo de sonho e fantasia onde está imerso.

Para ser claro e encontrar uma resposta ao que está acontecendo, o sonhador deve se fazer a seguinte pergunta: é um sonho ou não? e depois observar o contexto em que ele se encontra e as situações que o rodeiam.

A compreensão deste facto, é notada uma vez que está a sobrevoar e em algum momento, percebe-se que se pode controlar a experiência que se vive, percebe-se a consistência das coisas do dia-a-dia, tais como: ligar ou desligar as luzes, falar ao telefone ou escrever.

A arte de navegar através dos sonhos

Isto é algo que leva muito tempo, pode levar semanas ou meses, mas quando você chega a ele você tem uma sensação intensamente gratificante e muito agradável. Você deve ter disciplina e, acima de tudo, praticar, se você juntar esses dois ¨reglas¨ você alcançará um sonho lúcido.

Por outro lado, é necessário ter muita confiança em si mesmo e ser persistente; sob nenhuma circunstância você deve ser desencorajado se a experiência não funcionar ou não funcionar. Uma vez que você tenha a capacidade de sonhar com lucidez, seus sonhos não são mais apenas sonhos.

De acordo com a experiência que você alcançou, você pode experimentar níveis de navegação: altos ou baixos. Para poder estar a um alto nível de navegação e conhecer cada detalhe, detalhe ou imagem percebida, você deve ter uma concentração profunda, um ponto chave para alcançar.

Por outro lado, o estado de baixa lucidez, mostra-lhe alguns dados ou referências que dão um sentimento diferente à pessoa que os experimenta, é dona da situação, neste sentido, pode ter uma elevação, mas sentirá que está num sonho.

Sonhos lúcidos: comunicação com o subconsciente e o seu eu interior

Os sonhos são representações fugazes ou intensas que aparecem a qualquer momento, caracterizam-se por evocar experiências ou eventos que nos marcaram intensamente ou que nos podem estar a perturbar no momento actual.

Eles estão intimamente relacionados com o subconsciente e o eu interior, o que lhe permite saber aquela parte de si que mantém com desconfiança: as suas motivações, desejos, valores e tudo aquilo em que acredita. Não é uma tarefa fácil, o fato de que uma pessoa pode se conectar com seu eu interior, muitas vezes é difícil alcançar uma conexão com este mundo tão emaranhada e tecida.

Essas visões que temos quando dormimos, revelam o que estamos vivendo, em alguns casos podem ser cenários que não merecem a nossa preocupação, se pelo contrário os eventos se repercutem repetidamente em nossas mentes, não devem ser ignorados.

Felizmente, nossas percepções são escaneadas por sonhos comuns ou visões fugazes que agem sobre nossas percepções como elementos catárticos, que ajudam a interpretar o que nos acontece, tornando-se assim instrumentos vantajosos para encontrar respostas e assim resolver o que nos perturba e produz emoções mistas.

O que se expressa nas representações oníricas é uma matéria muito ampla, extensa e profunda. Para certas pessoas, o fato de vivenciá-las não representa nada interessante e, nesse sentido, elas as ignoram; pelo contrário, há uma longa geração de indivíduos, que as mantêm em um lugar de honra e se tornaram fatos transcendentais em seu dia a dia, porque incorporam tudo o que sentem internamente, portanto, decidem explorá-las em profundidade.

Assim, o sonhador torna-se um ser auto-reflexivo e tenta ser mais preciso em suas pesquisas, pois sabe que cada detalhe traz uma mensagem explícita. Neste sentido, os sonhos lúcidos dão ao sonhador uma maior capacidade de reflexão.

Sonhos lúcidos: contras e benefícios

Você provavelmente já ouviu muitos comentários sobre esta prática, apenas aqueles que a experimentam podem dar uma resposta justa sobre ela. Para obter respostas às perguntas dos nossos sonhos, é preciso começar por reconhecer que sonhar é uma ferramenta poderosa que inclui representações visuais e símbolos que ligam o consciente com o inconsciente.

Em qualquer ocasião, as visões dos sonhos podem aparecer em nossos sonhos, por isso é muito útil poder digerir e decifrá-los e dar-lhes o valor que representam, já que eles têm uma ação reparadora dos distúrbios que experimentamos ao longo de nossas vidas. Conhecer esta realidade interior e procurar traduzi-la é um facto muito importante porque podemos fazer uma reviravolta radical na dissolução dos nossos conflitos.

Sabemos que os problemas e contratempos causam estragos em nossas vidas, por menores que sejam, nos motivam e nos levam a sentir angústia, medo e incerteza. As visões oníricas canalizadas, interpretadas ou analisadas por nós mesmos, produzem grandes benefícios para nós, a curto ou longo prazo, por isso devemos parar e levá-las a sério.

Se em algum momento de sua vida você já experimentou um sonho lúcido, certamente você pode sentir sensações conflitantes, prazer, emoção, euforia e alegria. Inserindo-se no contexto de viagens de sonho, você será capaz de experimentar e perceber mais emoções, algo que pessoas menos experientes, que só sentirão o básico, não conseguem.

Você será capaz desentir vibrações em todo o seu corpo, ou o que é conhecido como desapego. Estes efeitos são geralmente sentidos nas mãos, pés e pernas, é uma espécie de emanação e activação de energias. Por outro lado, você vai perceber através de um som chamado intracraniano, que você está prestes a deixar o seu corpo conscientemente.

Você também experimentará uma estranha sensação de elevação, é algo indescritível, que é sentido na área do tronco, o corpo relaxa, mas a atividade cerebral ainda está correndo, não relaxada.

Finalmente você sentirá uma sensação de liberdade muito acentuada, estando fora do seu corpo, você experimentará uma leveza sem igual. O corpo flutua para o lugar que você indicar, viaja para muitos lugares, você também poderá ver o seu corpo ao lado da cama, ver-se a si mesmo. A partir dessa realidade vivida, sua maneira de ver as coisas não será mais a mesma, você vai preencher seu cotidiano com aventura, criatividade e fantasia.

Sonhos Lúcidos e Experiências Sexuais Oníricas

Osexo é um elemento natural do ser humano, está presente na sociedade, na nossa vida quotidiana, em tudo o que nos rodeia. Portanto, experimentar um sonho erótico, não é anormal, é mais comum do que se imagina, como em outras visões de sonho, o contexto, as situações e as experiências de vida influenciam sua interpretação .

Sonhar com sexo, em muitas ocasiões não se trata do acto em si, mas de muitos factos psicológicos, por exemplo, pode estar relacionado com uma necessidade interior, ou do subconsciente para fundir elementos do seu parceiro de sonho com a sua pessoa consciente.

Neste sentido, é importante conhecer esta pessoa dos seus sonhos, saber como ela é, o que a atrai e como se sente com ela na sua vida lúcida, a fim de compreender o que está a acontecer na sua vida emocional, especificamente para melhor compreender a sua relação com os outros.

O sexo refere-se a um universo de possibilidades. Quando falamos de sonhos relacionados com este tema, entramos automaticamente na desvendação de muitos elementos que intervêm nele.

É comum falar com amigos e ouvir sobre suas experiências sexuais com um personagem que aparece em seus sonhos, o que não deve nos envergonhar ou nos deixar desconfortáveis, pois eles podem se tornar representações sonhadoras de si mesmos. Por outro lado, devemos analisar se eles são parte de um castigo para a sua psique, representações ou aspirações na sua auto-estima.

Ossonhos lúcidos permitem maior liberdade e, portanto, os sonhadores mantêm uma freqüência excessiva para vivenciá-los. Quanto ao sexo, eles são muito eficazes em alcançar orgasmos agradáveis com caracteres desconhecidos e em muitos casos até proibidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *